Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Correntes

em busca do pensamento livre

Correntes

em busca do pensamento livre

sem-abrigo

26.02.06
. . . seabrigo.jpg . . . . . O dia nasceu pálido, Dançam gélidos, os flocos, Iluminam-se as marionetas, Celebram, o frio que não se comove. donde vem o branco que as alegra? não é dezembro, não me vêem, nem o que os meus olhos atravessam. a noite, Espera-os com os seus resguardos, Trevas que os ossos partem. . . . . . Paulo Guilherme Trilho Prudêncio (poema escrito num dia em que nevou na cidade de Caldas da Rainha, 29 de Janeiro de 2006. Coisa rara.)

1 comentário

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.