Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Correntes

em busca do pensamento livre

Correntes

em busca do pensamento livre

a saga de um comboio vazio

21.12.10

 

 

 

Encontrei uma notícia que espelha bem o estado deplorável a que chegou o conceito de serviço público. Ora leia.

 

Comboio vazio para inauguração de variante ferroviária

 

"O Governo fez a CP deslocar no domingo um comboio Alfa Pendular vazio de Lisboa a Alcácer do Sal para a inauguração da variante ferroviária, ao mesmo tempo que meia centena de automóveis com convidados e jornalistas faziam o mesmo trajecto por estrada. A cerimónia incluiu um passeio de comboio no novo troço de 29 quilómetros, tendo a composição regressado a Lisboa novamente vazia.(...)

(...)Na cerimónia da inauguração da variante de Alcácer podia contar-se cerca de meia centena de automóveis no exterior e entre 80 e 100 pessoas na sala. Num cálculo por baixo, contando 90 pessoas e 40 automóveis que tenham viajado de Lisboa ao local com as comitivas do Governo e administradores e quadros da Refer e da CP, bem como equipas de reportagem de jornalistas, chega-se à conclusão de que foram emitidos 32 quilos de CO2 e que os custos externos do automóvel atingiram 1352 euros. Se a viagem de ida e volta fosse realizada no Alfa Pendular com toda a comitiva dentro, os custos ambientais teriam sido de 374 euros. O PÚBLICO perguntou à CP e à Refer por que motivo não foi utilizado o comboio para aquela inauguração ferroviária, uma vez que o próprio discurso político colocava a tónica neste modo de transporte como mais económico e amigo do ambiente, mas não obteve resposta.(...)"

2 comentários

Comentar post