Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

excerto

03.12.10

 

 

Um post de João Bonifácio Serra, aqui.

 


"[...] Vivemos tempos inquietantes. O modelo da sociedade de consumo esgotou-se. Tanto que a minha geração a criticou, sem porventura ter podido antever o cortejo de implicações sociais que dela adviriam! E, provavelmente, sem ter sabido resistir aos cantos de sereia das suas benesses ilimitadas. Fizemos uma sociedade de consumidores com uma elite centrada em si própria e nos seus benefícios, uma sociedade que com escreveu Touraine, definiu como principal objectivo diminuir o tempo de trabalho na sua vida.
De alguma forma estamos hoje perante um desafio novo: repor a criação no lugar central da vida social. Não a inovação tecnológica, mas a inovação social e politica. Em vez de uma sociedade de consumidores uma sociedade de criadores.
[...] Oh, dir-me-ão, as coisas não são assim tão fáceis. A sociedade de consumo não criou apenas uma sociedade de consumidores, mas uma sociedade de consumidores atomizada, fragmentada, céptica em relação, ou mesmo de costas voltadas, ao espaço público. E é este afinal que temos de redescobrir e revigorar.
[...] Estamos demasiado habituados a que nos digam o que é bom para nós e o que devemos fazer para que tudo corra bem. Esta sociedade perdeu o sentido do risco e da iniciativa.
É aqui que estamos. Pedindo de novo aos intelectuais orientação e responsabilidade. Não nos omitindo. Percebendo que a República precisa mais de nós que nós dela."