Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

economia da educação

21.11.10

 

 

 

Vouchers para todos, escolas tradicionais, especialista norte-americano, OCDE, escolha da escola, direitos (e os deveres?) dos pais, exemplo para Portugal, fórum para a liberdade da Educação, fundação luso-americana para a Educação, admitir alunos independentemente do nível socio-económico, famílias deixam de pagar propinas nas escolas privadas, mercado da Educação, escolas privadas fazem melhor do que as do estado, charter schools e por aí fora, são designações e ideias agendadas que pretendem privatizar lucros na escolaridade não superior e que alimentam a área que faz título deste post. E como se vê, especialistas em economia são estudiosos pouco confiáveis.

 

 

Há muito que se sabe que uma sociedade com ambição escolar, e que cuida bem dos seus petizes, tem bons níveis de sucesso escolar. As melhorias fazem-se com tempo, estabilidade e em gerações sucessivas. Quando o imediatismo desorientado toma conta das decisões - é ainda pior se as condições políticas põem os orçamentos da Educação vulneráveis aos gananciosos meio-desempregados do subpraime - pode esperar-se o pior para os sistemas escolares, a exemplo do que tem acontecido com o sistema financeiro contemporâneo.

 

Pais devem ter liberdade para escolher a escola, defende especialista em Economia da Educação

 

Ministério não reage a recomendação de Cavaco para mais transparência na relação com colégios privados


11 comentários

Comentar post