Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Correntes

em busca do pensamento livre

Correntes

em busca do pensamento livre

confrarias

01.11.10

 

 

A Confraria das Provas Ó Vais, celebérrimo grupo de pressão de Santo Onofre, democratizou-se e já aceita a custo a presença masculina. Desta vez éramos uns cinco, no mínimo.

 

O aniversário da onofrina de gema, Isabel Sousa e Silva, foi o pretexto para mais um jantar no fim-de-semana prolongado. A atmosfera permitiu concluir da mágoa dos professores e educadores com a comprovada destruição da instituição que servem. Um autêntico nó no estômago.

 

 

 

Esta imagem regista a decoração ornamental a que fomos obrigados. Da esquerda para a direita: Célia Jorge, Lina Esteves (a ex-PCE destituída pelo governo que se sabe, numa demonstração de prepotência por parte de quem não se coibiu de usar tudo o que tinha à mão, mas mesmo tudo, para tentar garantir uns votozinhos), Isabel Silva, Isabel Seno e Filomena Branco (que comprova a exigência para o ornamental que se verificou).

 

 

Esta imagem certifica o sacrifício que a Isabel faz para tirar fotografias.

 

 

Desta vez o tom de aborrecimento mantém-se para o momento da abertura das prendas.

 

 

A Maria João demonstra como foi fácil a coisa dos ornamentos.

 

 

A Maria João e a Maria do Céu observavam, ainda com alegria, o início da distribuição dos ornamentos.

 



Comprova-se onde, e em que estado, se elaboram grande parte das estratégias onofrinas que correm o país e o mundo.

 

 

Estratégias onofrinas e ainda a fase de aperitivos não tinha começado.

 

 

A fase de meditação.

17 comentários

Comentar post