Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

em estado puro

15.09.10

 

 

Estou estupefacto com as intervenções mediáticas da actual ministra da Educação. Vi um vídeo e li uma entrevista. Não vejo outro modo de escrever neste registo o que me vai na alma. Vou recorrer a uma sumaríssima e tradicional arrumação dos níveis de decisão política por patamares.

 

O primeiro (macro) ao nível da Assembleia da República e do Governo:

produtos brutos: constituição e lei de bases do sistema educativo;

indicadores: tipo de Homem, tipo de saber e tipo de sociedade; discurso com um grau de imprecisão e de generalidade comum a todas as disciplinas curriculares.

O segundo (meso) ao nível do ME e dos seus departamentos:

produtos brutos: programas, metas de aprendizagem e critérios de avaliação dos alunos;
indicadores: discurso com um menor grau de imprecisão e de generalidade comum a todas as disciplinas curriculares.

O terceiro (micro) ao nível das escolas:

produtos brutos: disciplinas curriculares;
produtos elaborados: operacionalização dos conteúdos e da avaliação dos alunos;
indicadores: critérios de performance (centrados no produto); critérios de competência (centrados no processo e no produto).

 

Alguém do nível macro utilizou um discurso do nível micro. Fiquei com a ideia que é o único registo que domina e tive dó. Foi mais um pico da infantilização que se tornou uma praga.

2 comentários

Comentar post