Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Correntes

em busca do pensamento livre

Correntes

em busca do pensamento livre

tarde

29.08.10

 

 

 

 

O debate sobre o encerramento a eito de escolas por motivos económicos só agora começa. É incrível como se decidiu sem antes discutir o assunto. O impacto que tal medida pode ter na criação de zonas desertificadas tinha de ser ponderado. Os especialistas em geografia humana não negam a importância da reorganização da rede escolar, mas temem as consequências do fecho de escolas. Portugal vai desistindo do seu interior e tem vergonha em o assumir.

 

 

Uma escola que fecha mata uma aldeia ou acelera o inevitável?

"Apesar de não questionarem a necessidade do reordenamento da rede escolar, especialistas em Geografia Humana dizem-se preocupados com o impacto do encerramento de escolas na coesão territorial. "Se abrir uma escola do Ensino Básico não inverte a tendência para a desertificação, fechá-la, em determinadas circunstâncias, pode ser o suficiente para matar uma aldeia", alerta João Ferrão, investigador da Universidade de Lisboa e ex-secretário de Estado do Ordenamento do Território.(...)"

1 comentário

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.