Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Correntes

em busca do pensamento livre

Correntes

em busca do pensamento livre

e santo onofre? (01)

29.04.10

 

 

Gosto de escrever e tinha o hábito de o fazer para os jornais mais diversos. Vim viver para as Caldas da Rainha em 1989 e dois ou três anos depois iniciei uma prática, mais ou menos semestral, de escrever para o jornal local com mais audiência - A Gazeta das Caldas -. Foi assim até 2004, altura em que iniciei o "correntes".

 

Devo confessar que os directores desse jornal sempre foram muito pacientes e publicaram diversos textos com um número bem razoável de caracteres. E foi precisamente pelo último motivo - a arrumação dos textos subordinada ao número de caracteres -, que comecei a espaçar ainda mais esse meu devaneio; o derradeiro texto que a Gazeta fez o favor de publicar foi em Março de 2008, num dos auges da luta dos professores, chamou-se "escolas sem oxigénio" e pode lê-lo aqui.

 

Daí para cá, só mesmo nos momentos mais mediatizados da ocupação do agrupamento de Santo Onofre por parte do ME é que aceitei responder às questões que os jornalistas dos jornais locais me colocaram.

 

A situação actual de Santo Onofre (e refiro-me à escola sede que conheço bem) é desgraçada como se previa e comprova. Encarregados de Educação, alunos e ex-alunos, professores e ex-professores, funcionários e pessoas da comunidade interessadas na vida daquela escola, dizem-me o mesmo: "a escola está de rastos e só não sai de lá quem não o pode fazer". Invariavelmente, as pessoas mais diversas - e dos mais variados pontos do país - e que se interessam pela defesa do poder democrático das escolas perguntam-me:"e Santo Onofre? Como vai?"

 

Pedem-me para escrever sobre o assunto para o jornal local. Não o fiz nem o vou fazer nos tempos mais próximos. Os motivos dessa contenção são muito simples: não quero contribuir para agravar o êxodo que se está a verificar e que fiz referência. Fico-me pelo blogue e este post inicia uma nova rubrica que terá as entradas, e o conteúdo, que os meus critérios entenderem.

52 comentários

Comentar post

Pág. 1/3