Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Correntes

em busca do pensamento livre

Correntes

em busca do pensamento livre

sinais de fogo

02.03.10

 

 

 

Foi daqui

 

 

 

Sei há muito que existe Miguel Sousa Tavares (MST); sei que coordenou uma interessante publicação de jornalismo de investigação; sei que fez bom jornalismo televisivo; sei que é um escritor que vende bastante mas confesso que não li os seus livros; soube pela blogosfera que desferia ataques sem fim à luta dos professores e que defendia com unhas e dentes as políticas na Educação do actual primeiro-ministro; sei que tem um programa televisivo "sinais de fogo" que me fez sintonizar a sic generalista no horário nobre: vi os dois primeiros programas: mais no segundo do que no inicial, MST adoptou um género entrevistador incómodo, incisivo, algo convencido da verdade e que chega a sufocar o entrevistado;

 

MST afirmou que Portugal deve ser o único país do mundo democrático onde se discute a liberdade de imprensa; ou seja, MST gosta das falácias e di-las de forma acutilante de modo a perturbar o contraditório; MST quis desvalorizar os que discutem a liberdade de imprensa em Portugal; MST quis dizer que em democracia não é necessário discutir a liberdade de imprensa; MST quis dizer que a liberdade de imprensa só se deve discutir em sociedades não democráticas; MST quis dizer que uma vez democracia, democracia para sempre; MST quis dizer que é parcial, algo convencido e pouco rigoroso nos seus juízos.

6 comentários

Comentar post