Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

a mesma mão

03.01.10

 

Foi daqui.

 

 

 

Chega. Basta. O ministro da Educação José Sócrates não tem remédio. Tomou os professores de ponta, e tem a guarida, como teria outro qualquer, dos políticos e dos técnicos que vivem na órbita do ministério da Educação e que têm horror às salas de aula e ao ensino. Este chefe de governo impede o que quer que seja que proporcione um outro clima que possibilite a recuperação da escola pública.

 

Dá ideia que José Sócrates tem a rosa na mão; vá lá saber-se porquê. Há quem diga que a volúpia do poder é o cimento que une nos grandes partidos; lá sabem do que falam. Há uma certeza que é, para os que conhecem bem este problema, uma coisa já antiga: os professores foram os escolhidos e são usados como "carne para canhão". É disto que fala quem diz que este primeiro-ministro está a arruinar a escola pública.