Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Correntes

em busca do pensamento livre

Correntes

em busca do pensamento livre

por que é que podem falhar umas negociações?

26.11.09

 

 

 

Foi daqui.

 

 

 

Se olharmos para o conflito israelo-palestiniano poderemos afirmar que é por uma causa primeira: os extremismos de ambos os lados. E apesar de todas as outras nuances, importa centrar aí a nossa atenção de modo a aprendermos com esses erros.

 

Noutra escala, evidentemente, a guerra entre o governo e os professores tem contornos semelhantes. Neste caso, os extremismos são de origem financeira. Apesar de muitas vezes dissimulado, é esse o constrangimento essencial e já tem história.

 

O primeiro acto dos governantes, foi, em 2005, retirar dos horários dos professores a redução da componente lectiva para o exercício da maioria dos cargos. Os professores aceitaram a redução de 20.000 professores em nome do desígnio nacional de combate ao défice.

 

Quatro anos depois, conhece-se o desmando e o fartar vilanagem de quem se move na quase intocável alta finança e com a conivência dos governos. Com estes exemplos, como é que se quer que a classe média continue a aceitar o encargo de ser a única a custear os desvarios?

 

 

 

 

6 comentários

Comentar post