Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Correntes

em busca do pensamento livre

Correntes

em busca do pensamento livre

a estratégia e a posição do psd

23.11.09

 

 

Foi daqui 

 

 

 

É evidente que a posição do PSD pode ter as mais variadas leituras. Pode até dizer-se que assim, sem suspensão, os professores serão todos avaliados, haverá progressões na carreira e que daqui por trinta dias desaparecerá a divisão da carreira e teremos um novo e mais sensato modelo de avaliação. Tenho ideia que é isso que vai acontecer.

Mas há derrotas políticas para certificar e existe uma reposição da autoridade social dos professores que não se deve desprezar. 

E da luta política e jurídica importa sublinhar o seguinte: a questão da não suspensão possibilitar a progressão na carreira é uma espécie de falácia. Quem defende essa tese, socorre-se da legalidade estatutária. Ora, a legalidade é a vigência; ou seja, "direito só há um, o vigente e mais nenhum". Mas a norma vigente não é apenas a lei: é a lei, a jurisprudência e a doutrina. Portanto, a legalidade constrói-se e os professores mereciam mais, precisavam de uma vitória clara. A questão da progressão através do tempo do primeiro ciclo de avaliação resolver-se-á sempre em sede de estatuto.

Mas mesmo assim, estes detalhes só serão imprescindíveis se houver progressões na carreira. Percebem-se sinais de que a questão volta, como tem sido recorrente nesta década, para a discussão sobre o orçamento e para as verdadeiras causas do seu défice descomunal. E aí, o bloco central prepara-se para a receita do costume.

 

 

5 comentários

Comentar post