Em busca do pensamento livre.
Quinta-feira, 5 de Outubro de 2006
freakonomics.jpg

Steven Levitt é considerado uma mente brilhante, objectiva e inovadora no âmbito das ciências económicas norte-americanas.

O seu livro “Freakonomics” está na berra. Li-o em duas tardes e gostei. Steven Levitt faz perguntas pouco “académicas” e obtém resultados surpreendentes. A ideia de que a legalização do aborto contribuiu para a acentuada descida da criminalidade na sociedade norte-americana, deve ter deixado muita gente perplexa.

Achei muito interessante a história sobre o que motivou o descrédito da organização Ku Klux Klan. Stetson Kennedy, um lutador pelos direitos cívicos, infiltra-se, a meio da década de 40, no dito movimento para o estudar. A sua primeira impressão é curiosa: “o Klan era uma organização com uma lamentável fraternidade entre homens, a maioria deles pouco instruídos e com perspectivas limitadas de vida, que sentiam a necessidade de um lugar onde se pudessem exprimir e afirmar - e de uma desculpa para não dormir em casa algumas noites -”.

Numa época, em que "todas" as crianças viam na televisão, antes do jantar, o Super-homem a combater o Hitler e o Mussolini, Stetson Kennedy convenceu os responsáveis pelo programa televisivo a centrar o combate no Ku Klux Klan. Como Stetson Kennedy já tinha atingido a assembleia suprema da organização, passou aos programadores toda a terminologia da sociedade secreta incluindo as senhas e as contra senhas. Um delírio. Já imaginaram o que era o avô chegar a casa e ver os netos a brincar aos polícias e ladrões com a utilização da verdadeira nomenclatura dos Klan? Foi a desmobilização rápida e acelerada. Só lendo. Steven Levitt agarra nesta história a propósito dos efeitos da sociedade da informação na economia. Tem outras histórias curiosas e bem fundamentadas.


tags:

publicado por paulo prudêncio às 19:48 | link do post | comentar | partilhar

Inauguração do blogue
25 de Abril de 2004
Autor:
Paulo Guilherme Trilho Prudêncio
Discordâncias:
Mais até por uma questão estética, este blogue discorda ortograficamente
arquivo
comentários recentes
Obrigado António Duarte. Claro que dou. Vai em mui...
Excelente!Vou, se me dás licença, "roubar"...
E se a dívida não baixa...
Já não digo nada sobre os processos paralelos.
Só em juros da dívida ronda os 23 milhões/dia!
Sim, Paulo, concordo. É mesmo insaciável!Desconfio...
Esvaziar ainda mais, Carlos? Mas sim: o neoliberal...
subscrever feeds
mais sobre mim
Por precaução
https://www.createspace.com/5386516
ligações
blog participante - Educaá∆o - correntes .jpg
tags

antero

avaliação do desempenho

bancarrota

bartoon

blogues

campanhas eleitorais

cartoon

circunstâncias pessoais

concursos de professores

contributos

corrupção

crise da democracia

crise da europa

crise financeira

desenhos

direitos

economia

educação

escolas em luta

estatuto da carreira

falta de pachorra

filosofia

fotografia

gestão escolar

história

humor

ideias

literatura

luís afonso

movimentos independentes

música

paulo guinote

política

política educativa

professores contratados

público-privado

queda de crato

rede escolar

ultraliberais

vídeos

todas as tags

favoritos

bloco da precaução

pensar o sistema escolar ...

escolas sem oxigénio

e lembrei-me de kafka

as minhas calças brancas ...

as minhas calças brancas ...

reformas e remédios (1) -...

sua excelência e os númer...

posts mais comentados
Um projecto (livro) para gerir Escolas Portuguesas agrupadas
De Paulo Prudêncio