Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Correntes

em busca do pensamento livre

Correntes

em busca do pensamento livre

fora do alcance

16.11.09

 

Foi daqui.

 

 

 

E não é que num dos momentos mais sobreaquecidos da luta dos professores e quando é consensual a queda dos titulares e do monstruoso modelo de avaliação, eis que a questão que consegue absorver o maior débito de caracteres e de consumo de neurónios é a estratosférica obtenção da menção de excelente ou de muito bom por parte de um reduzido número de professores através do "complex dois" que durou, em média, cerca de sete meses.

 

É, com toda a certeza, um caso impar na Europa - está bem, eu sei que é inaudito apenas na do centro e na do norte -.

 

Ninguém acreditaria que depois de quatro anos desastrosos para a escola pública, assistiríamos a um braço-de-ferro através da exponencial e sofisticada troca de argumentos para a solução de matéria tão tradutora do propalado rigor e do estímulo da meritocracia.

 

Não; não está ao alcance de um qualquer país.

8 comentários

Comentar post