Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

a resposta esperada num jogo arriscado

03.11.09

 

 

Foi daqui.

 

 

Depois das declarações do novo ministro dos assuntos parlamentares à TSF em que disse que "está fora de questão suspender o modelo de avaliação de professores" - pode conhecer detalhes na entrada imediatamente anterior deste blogue -, eis que a oposição responde como se esperava e em uníssono. Já se sabe que os partidos da oposição evoluíram muito nesta matéria e, por oportunismo ou não, manifestam uma posição de suspensão como condição para a construção de uma solução verdadeiramente nova. Quem conhece bem a matéria reconhece que é esse o caminho, já que o que existe é uma manta de retalhos sem pés nem cabeça, muito descredibilizada e com pormenores - cotas, por exemplo - que já ninguém defende como exequíveis.

 

Ora leia a resposta da oposição.

 

Oposição insiste em parar avaliação de professores

 

"Da esquerda à direita, os partidos da oposição respondem no mesmo tom às declarações de hoje do ministro dos Assuntos Parlamentares: sem a suspensão do actual modelo não é possível construir outro.(...)"

 

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.