Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

a fuga é uma passagem inútil

29.09.09

 

 

 

 

 

 

A tão aguardada intervenção do actual Presidente da República deixou-me estupefacto: fiquei nesse estado porque não percebi para que é que serviu tanta encenação. É muita sofisticação para o mortal entendimento de um cidadão meio incrédulo com o estado da nação.

 

A meio da comunicação já tinha perdido a motivação para seguir a coisa com atenção (e juro que estava a tentar); parecia uma cena de um daqueles filmes de terceira categoria em que alguém interpreta o papel de chefe de uma nação impossível de existir.

 

Pareceu-me que Cavaco Silva, ao tentar fazer passar a imagem da mais alta isenção, acabou por prejudicar os partidos do bloco central durante a campanha eleitoral: primeiro o partido do governo (o senhor ficou incomodado, belisquem-se, com um tal de Junqueiro e com o ex-porta-voz Vitalino Canas?; mas pior: levantou suspeitas sem dizer os nomes) e depois o partido que representou durante anos; e ainda consegue sair chamuscado.

 

Este assunto é grave e mais grave se torna porque Cavaco Silva não retira o governo do meio desta coisa, nem tão pouco de modo mais institucional.

 

Veremos as cenas dos próximos episódios. Para já, esta comunicação nada esclareceu e deixou espaço para as maiores especulações.

 

PS: sabe-se que Cavaco Silva esteve hoje a receber peritos na verificação da segurança dos seus emails; ufa!!! e eu a pensar que eram apenas os bloggers que tinham a obsessão com essa teoria da conspiração.

11 comentários

Comentar post