Em busca do pensamento livre.
Domingo, 9 de Maio de 2004
E é assim. Hoje apetece-me lançar uma definição para provocar a discussão. Será que o vou conseguir? Lançar uma definição é uma questão que nem se devia colocar, claro, porque as definições pertencem ao universo das ideias que se explicam. E se se explicam não se discutem. Discordo. Isso, discordo do que acabei de dizer. Tudo o que é irrefutável é falso. Bem, mas o problema é outro. O que me interroga é se haverá alguém que se interesse em discutir a definição de que vou pegar mão. Mas também podia dizer, é evidente, uma outra coisa qualquer. Pode-se sempre dizer uma outra coisa qualquer. Há mesmo quem diga que o importante é dizer. É como no fazer. Diz-se que o que verdadeiramente importa é dizer que se faz. Embora, nesse caso, e dado a efemeridade da vida moderna, a amargura do retorno seja tão veloz quanto a sua ascensão. Mas voltemos ao assunto. Poderia ter começado com a seguinte interrogação: será que as pessoas se interessam em discutir definições? Mas mais do que isso, e talvez o cerne da questão, é pensar que serão um ou dois os que vão ler este pequeno emaranhado de palavras. E um deles sou eu. Desgraça. Mas não se perde nada em tentar. Aliás, nunca se perde nada por tentar. Não conheço uma alma sequer, e vejam bem que eu digo alma e não corpo, que tenha dito que se arrependeu por ter tentado. Ideologias. Ah, é esta a palavra de cuja definição vou pegar mão. Definição de ideologia: conjunto de interesses inconfessáveis. Ainda bem que fica aqui marcada a hora a que escrevi esta pequena loucura. Digo-o assim, porque perdi a homilia do professor Marcelo em plena televisão. Ideologias que assentam na definição proposta?

tags:

publicado por paulo prudêncio às 21:19 | link do post | comentar | partilhar

1 comentário:
De anónimo a 10 de Maio de 2004 às 18:06
habituei-me a comentar os blogs do pg.portanto hoje preparava-me para isso,enquanto fazia horas para me deitar-coisa que ,embora escandalosamente cedo,estou prestes a fazer-munida de um delicioso livro da isabel allende.abri o blog,e deparei-me logo com este.li-o,e enquanto pensava consciosamente num qualquer comentario,talvez nao brilhante,mas pelo menos,nao totalmente imbecil,comecei distraidamente a andar para baixo.inocentemente.(mas isto nao acaba?)desmoralizei.acho que me vou antes deitar.cafezeira
</a>
(mailto:cafezeira@msn.com)


comentar post

Inauguração do blogue
25 de Abril de 2004
Autor:
Paulo Guilherme Trilho Prudêncio
Discordâncias:
Mais até por uma questão estética, este blogue discorda ortograficamente
arquivo
comentários recentes
Até pode ser uma explicação: anos a fio na "selva"...
Até pode ser uma explicação: anos a fio na "selva"...
Uma descida grave.
Também de Singapura vêm outras boas iniciativas:ht...
Também aqui se realça Singapura por boas razões:ht...
tempos que têm os ingredientes para os 'trumps'/'b...
Não conhecia essa situação.
subscrever feeds
mais sobre mim
Por precaução
https://www.createspace.com/5386516
ligações
blog participante - Educaá∆o - correntes .jpg
tags

antero

avaliação do desempenho

bancarrota

bartoon

blogues

campanhas eleitorais

cartoon

circunstâncias pessoais

concursos de professores

contributos

corrupção

crise da democracia

crise da europa

crise financeira

desenhos

direitos

economia

educação

escolas em luta

estatuto da carreira

falta de pachorra

filosofia

fotografia

gestão escolar

história

humor

ideias

literatura

luís afonso

movimentos independentes

música

paulo guinote

política

política educativa

professores contratados

público-privado

queda de crato

rede escolar

ultraliberais

vídeos

todas as tags

favoritos

bloco da precaução

pensar o sistema escolar ...

escolas sem oxigénio

e lembrei-me de kafka

as minhas calças brancas ...

as minhas calças brancas ...

reformas e remédios (1) -...

sua excelência e os númer...

posts mais comentados
Razões de uma candidatura
https://www.createspace.com/5387676