Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Correntes

em busca do pensamento livre

Correntes

em busca do pensamento livre

concentradas ou amontoadas?

10.09.09

 

Foi daqui.

 

 

Ministra diz que escolas arrancam concentradas "no trabalho que há para fazer"

 

"A ministra da Educação, Maria de Lurdes Rodrigues, considera que o novo ano lectivo começa hoje "sem história", num clima de "concentração no trabalho que há para fazer".

"Há um esforço para acolher todos os alunos e dar resposta às suas expectativas", disse Maria de Lurdes Rodrigues, que salienta as colocações de professores durante quatro anos como factor que vai marcar a diferença neste ano lectivo.(...)"

 

A ideia de criar mega-agrupamentos de escolas - só efectivado nas públicas, já que as particulares e cooperativas, e apesar de viverem da mesma fonte de financiamento, mantém-se autónomas e depois concorrem com as públicas na mesma rede e ainda contratam professores sem concurso público - foi prejudicial para as escolas sede e para as de menor dimensão. Ninguém beneficiou com isso e o silêncio chega a ser ensurdecedor. E isso é apenas mais um detalhe dos quatro anos negros da Educação. Um coisa sempre aconteceu e voltará a suceder: as portas das escolas abrem algures em Setembro; e em todas, obviamente.