Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Correntes

em busca do pensamento livre

Correntes

em busca do pensamento livre

alfred dreyfuss

27.08.09

 

(encontrei esta imagem aqui

 

Este post tem uma intecionalidade didáctica, digamos assim. Como espero escrever nos próximos dias várias entradas que aludem a este assunto, decidi-me deixá-lo nos arquivos do blogue para depois linkar quando necessário. É claro que também pode ler o texto que a seguir publico pois tenho ideia que não dará por perdido o tempo que gastar.

 

"Recordem-se as linhas essenciais do caso (do affaire) de Alfred Dreyfuss, que dividiu a França e teve uma repercussão social e política inestimável. Oficial judeu, fora injustamente condenado em 1894 por espionagem a favor da Alemanha, demitido das suas funções, desgraduado e condenado a trabalhos forçados perpétuos; enviado para a ilha do Diabo, iniciou-se em 1897 uma violenta campanha em favor da revisão do seu processo, no decurso da qual interveio Zola (J´accuse) e que opôs os dreyfusards (dreyfusistas) - antimilitaristas agrupados em torno da Liga dos Direitos do Homem - aos antidreyfusards (antidreyfusistas) - anti-semitas e ultranacionalistas reunidos na Liga da Pátria Francesa e, mais tarde, na Acção Francesa. A revisão foi inicialmente recusada pelo Ministério da Guerra em 1898, mas a campanha acabou por levar a um segundo processo em 1899, quando se descobriram os documentos falsos carreados por uma tal coronel Henry (que pouco depois se suicidou). O Conselho de Guerra condenou então Dreyfuss a dez anos de prisão: era declarado culpado, mas reconheciam-se-lhe atenuantes... Só veio a ser completamente ilibado e reabilitado em 1906. (...).

 

"Em busca do tempo perdido",

Marcel Proust,

tradução de Pedro Tamen,

volume três, página 599."

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.