Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Correntes

em busca do pensamento livre

Correntes

em busca do pensamento livre

cantando e rindo

02.07.09

 

(encontrei esta imagem aqui)

 

É com alguma estupefacção que vou lendo na blogosfera, ou nos mails que recebo, informações sobre o estado a que chegou o processo de auto-avaliação dos professores. Comparo-o com um outro processo de nível semelhante: o da excrescência que está quase arquivada com a etiqueta de objectivos individuais.

 

E a cena repete-se. Desde fichas preenchidas em grupo até aos laudos e agradecimentos pela possibilidade da fotocópia mais económica passando pela publicação de minutas para todos os casos e efeitos, tudo vale para garantir a simulação e para não encarar o problema de "olhos nos olhos". Se tudo isto é uma farsa, uma comédia ou um fingimento, tal só é possível porque os professores participam, são mentores e advogam em favor das práticas da fotocópia e da batota.

 

E que ninguém se convença do contrário: esta prática tem sempre custos a prazo.

 

 

6 comentários

Comentar post