Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Correntes

em busca do pensamento livre

Correntes

em busca do pensamento livre

ultimato

28.03.05
Recebi um ultimato da sapo. Ou escrevo ou morro. Ando muito preguiçoso. Aqui vai um poema de Fernando Pessoa, bem, de Alberto Caeiro, para ser mais preciso. O Guardador de rebanhos (original e, por isso, com algumas imperfeições gramaticais - língua viva, dirão outros) IX Sou um guardador de rebanhos. O rebanho é os meus pensamentos E os meus pensamentos são todos sensações. Penso com os olhos e com os ouvidos E com as mãos e com os pés E com o nariz e com a bôca. Pensar uma flôr é vê-la e cheirá-la E comer um fruto é saber-lhe o sentido. Por isso quando um dia de calor Me sinto triste de gozá-lo tanto E me deito ao comprido na erva, E fecho os olhos quentes, Sinto o meu corpo deitado na realidade, sei a verdade e sou feliz.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.