Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Correntes

em busca do pensamento livre

Correntes

em busca do pensamento livre

gravidez de risco

09.01.06
graidezrisco.jpg Já aqui escrevi sobre uma completa paranóia dos nossos governantes: escrevem despachos a torto e a direito. Mas a situação que hoje chegou ao meu conhecimento é, no mínimo, hilariante. Remete-se para os conselhos executivos das escolas a responsabilidade de se considerar se uma gravidez é ou não de risco. Já nem é só a vontade de rir que isto dá. Que raio: para uma gravidez ser considerada de risco, decerto que haverá um profissional de saúde que o tenha sentenciado. Ou não? Será que no futuro, a docente chega à escola e pergunta à presidente do órgão de gestão: “a minha gravidez é de risco?” Mas não há mais nada para fazer? Paulo Guilherme Trilho Prudêncio.