Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

da comemoração dos 10 anos da escola de santo onofre (2003)

06.04.09

 

 

 

 

 

 

 

Entrámos no décimo ano da nossa existência. Não sei se a vida das escolas é como a vida das pessoas. Sei que a vida das pessoas tem no marco etário dos dez anos o fim da idade da infância. Depois começa a adolescência, que é, como sabemos, a idade de todas as oscilações.

 

Importa festejar as efemérides. Não apenas pelo valor que damos às vidas, mas para nos olharmos ao espelho.

 

E eu olho para o espelho da nossa escola.

 

E vejo.

 

Vejo um caminho feito de uma bela mistura de esforço e de esperança.

Vejo uma escola que nasceu para ser integrada e que hoje confirma-o.

Vejo uma escola que é escolhida para os alunos com necessidades educativas especiais e honro-me.

Vejo uma escola onde os alunos e os projectos são a sua razão de ser e sorrio.

Vejo uma escola onde quem vem por vontade fica e cresço.

Vejo uma escola onde se tenta que tudo seja desburocratizado e simples e acredito no lugar que não existe.

 

Por mais que me digam que mergulhar na educação pode ser um desperdício de vida, olho para a escola e digo que não.

Entremos na idade adulta mas continuemos ingénuos.

 

Bem hajam.

2 comentários

  • Sem imagem de perfil

    Anónimo

    07.04.09

  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.