Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Correntes

em busca do pensamento livre

Correntes

em busca do pensamento livre

a hora dos pára-quedistas

30.03.09

 

 

 

 

 

(encontrei esta imagem aqui

é uma imagem da 2ª guerra;

refere-se a um assalto

de pára-quedistas alemães)

 

 

Sabe-se que as tropas especiais integram, em regra, voluntários e que as suas missões são de alto risco e destinadas a surpreender o inimigo. Muitas vezes, nem os operacionais sabem que partem para não voltar ou que o regresso fica por sua exclusiva conta e risco; missões de sacrifício, digamos assim. Os que me conhecem melhor sabem que não sou nada, mas mesmo nada, belicista; sou até um pacifista, apesar da minha obrigatória passagem por uma tropa especial.

 

E vem isto a propósito da luta dos professores com o actual governo e dos inúmeros textos que tenho lido em que se associa a já dilatada contenda, e as estratégias usadas pelos dois lados, às manobras dos mais ou menos competentes dos generais mais conhecidos.

 

Então digo assim: nesta fase do processo inenarrável de gestão das escolas, o ministério da Educação iniciou a operação de lançamento de pára-quedistas sobre as escolas mais resistentes; e escrevo pára-quedistas para ser lido no sentido mais lato que se quiser.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.