Em busca do pensamento livre.
Segunda-feira, 3 de Julho de 2006
velhoemar.jpg

 

Acabei agora de ler, de novo, essa obra-prima da literatura que é o romance – há quem lhe chame um conto longo, que seja – “O Velho e o Mar” (The old man and the sea) de Ernest Hemingway (1952).

Li-o pela primeira vez na adolescência, na época do "Moby Dick", de Herman Melville – o autor do também fascinante “Bartleby” - , e julgo que nunca mais o voltei a ler.

Tinha já uma vaga ideia da história. Lembrava-me de um velho pescador que havia tempo que não conseguia pescar um peixe que fosse. Tinha a ideia que o velho pescador era muito pobre e que havia um rapaz que era muito seu amigo. Ao fim de dias sem conta – sei, agora, que foram oitenta e quatro - , entrou mar adentro e pescou o maior peixe da sua vida. Voltou a terra apenas com o esqueleto do enorme espadarte, já que não conseguiu impedir o furioso ataque dos sempre esfomeados tubarões. Passados este anos reencontrei-me com a história e fiquei com a ideia que está tudo ali. É o que me acontece quando um livro me enche o cérebro e o coração.

Não resisto a transcrever-vos um pedaço – tradução de Jorge de Sena -:
- Que tens para comer? – perguntou o rapaz.
- Um tacho de arroz de peixe. Queres? – perguntou o velho.
- Não. Como em casa. Queres que eu acenda o lume?
- Não. Acendo-o eu depois. Ou como o arroz frio.
 - Posso levar a rede?
- Claro que podes.

Não havia rede, e o rapaz lembrava-se de quando a tinham vendido. Mas todos os dias representavam esta cena. Também não havia tacho de arroz, o que o rapaz também sabia.





publicado por paulo prudêncio às 19:45 | link do post | comentar | partilhar

Inauguração do blogue
25 de Abril de 2004
Autor:
Paulo Guilherme Trilho Prudêncio
Discordâncias:
Mais até por uma questão estética, este blogue discorda ortograficamente
arquivo
comentários recentes
A sério?! Obrigado.
É um óptimo sinal.
tanto pode ser América como Portugal...
Já agora, que tal implementar esta lei na carreira...
subscrever feeds
mais sobre mim
Por precaução
https://www.createspace.com/5386516
ligações
blog participante - Educaá∆o - correntes .jpg
tags

antero

avaliação do desempenho

bancarrota

bartoon

blogues

campanhas eleitorais

cartoon

circunstâncias pessoais

concursos de professores

contributos

corrupção

crise da democracia

crise da europa

crise financeira

desenhos

direitos

economia

educação

escolas em luta

estatuto da carreira

falta de pachorra

filosofia

fotografia

gestão escolar

história

humor

ideias

literatura

luís afonso

movimentos independentes

música

paulo guinote

política

política educativa

professores contratados

público-privado

queda de crato

rede escolar

ultraliberais

vídeos

todas as tags

favoritos

bloco da precaução

pensar o sistema escolar ...

escolas sem oxigénio

e lembrei-me de kafka

as minhas calças brancas ...

as minhas calças brancas ...

reformas e remédios (1) -...

sua excelência e os númer...

posts mais comentados
Razões de uma candidatura
https://www.createspace.com/5387676