Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

didáctica do momento

17.02.09

 


(tento escolher imagens significativas para

as minhas entradas para que os textos

fiquem menos áridos; a imagem escolhida

não obedece a qualquer suposta

analogia entre o autor do blogue

e a figura do investigador;

entenda-se, ok?)

 

 

 

 

De momento parece-me que a longa luta dos professores está mais ou menos assim:

 

na vertente política importa continuar a peleja à volta da defesa escola pública de qualidade para todos e na desconstrução das ideias inerentes à escola a tempo inteiro numa lógica do armazém indistinto espalhado pela totalidade do país;

 

na vertente técnica importa continuar a derrubar o muro que asfixia as escolas e os professores e que tem como principal mentor o monstro burocrático em que se tornou o ministério da Educação;


na vertente jurídica importa que a plataforma sindical e as outras organizações de professores dêem seguimento - e já se sabe: se não o fizerem os professores arrastam-nas - ao conjunto de informações disponíveis com destaque para o parecer elaborado pelo advogado Garcia Pereira, salientando-se a gestão das escolas, o ECD e o modelo de avaliação do desempenho.

 

E há que manter alta a maré que a luta é prolongada e dura mas a vitória da razão é quase sempre certa.

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.