Em busca do pensamento livre.
Sábado, 12 de Agosto de 2006
cafe.jpg

Venho falar-vos da actividade profissional do Sr. Francisco. Não tanto do seu desempenho profissional, claro, mas, como mais à frente irão ver, do enquadramento legislativo que a sua condição de activo oferece.

Pus-me a reflectir sobre isso. O Sr. Francisco é um empregado de mesa com um contrato que lhe garante um vinculo de efectividade. Coisa de outro tempo, ao que julgo saber. Já quase ninguém é efectivo neste ramo de actividade; neste, como em quase todos.

Estou há cerca de vinte anos a viver na mesma cidade e isso permite-me ir conhecendo alguns dos hábitos e especificidades do lugar. Um dos cafés - neste caso podemos falar de um lugar que é um café, mas que é também um restaurante, uma cervejaria, um snack-bar, eu sei lá, um espaço multi-serviços - que mais frequento, já mudou umas quantas vezes de gerência. E sempre que isso acontece, o Sr. Francisco permanece de pedra e cal na sua função. Tenho-me apercebido do incómodo que isso cria na altura em que se negoceia o trespasse do café: o Sr Francisco faz parte da mobília.

Apercebo-me, também, que no início da renovada actividade do espaço, o Sr. Francisco parece meio perdido e com alguma dificuldade em aceitar a concepção do novo proprietário; e a coisa é recíproca.

Passados uns tempos, a imagem modifica-se por completo e a harmonia é a nota dominante. Tudo volta a correr sobre esferas. O Sr. Francisco volta a ser uma pedra nuclear. A situação do Sr. Francisco contaria todos os códigos de trabalho que os tempos mais recentes vão desenhando. E reflecti sobre isto, a propósito, vejam lá, de um estudo que diz que o Portugal actual aumenta a desigualdade entre ricos e pobres.

E mais: apurados os dados financeiros de 2005, vemos que os lucros dos mais ricos subiram em flecha. Coisa um pouco estranha, esta.


Paulo Guilherme Trilho Prudêncio.

tags:

publicado por paulo prudêncio às 19:47 | link do post | comentar | partilhar

Inauguração do blogue
25 de Abril de 2004
Autor:
Paulo Guilherme Trilho Prudêncio
Discordâncias:
Mais até por uma questão estética, este blogue discorda ortograficamente
arquivo
comentários recentes
O Paulo sabera que o Salazar foi eleito o maior Po...
Esta e uma eleicao parcial para deputado no parlam...
https://www.publico.pt/2012/06/25/mundo/noticia/he...
https://www.publico.pt/2015/04/13/mundo/noticia/jo...
Só aqui e não encontro mais referências https://co...
Obrigado. Mas não li mal. Já tento confirmar. Mas ...
Leu mal. O Fidesz de Orban governa todos os condad...
subscrever feeds
mais sobre mim
Por precaução
https://www.createspace.com/5386516
ligações
blog participante - Educaá∆o - correntes .jpg
tags

antero

avaliação do desempenho

bancarrota

bartoon

blogues

campanhas eleitorais

cartoon

circunstâncias pessoais

concursos de professores

contributos

corrupção

crise da democracia

crise da europa

crise financeira

desenhos

direitos

economia

educação

escolas em luta

estatuto da carreira

falta de pachorra

filosofia

fotografia

gestão escolar

história

humor

ideias

literatura

luís afonso

movimentos independentes

música

paulo guinote

política

política educativa

professores contratados

público-privado

queda de crato

rede escolar

ultraliberais

vídeos

todas as tags

favoritos

bloco da precaução

pensar o sistema escolar ...

escolas sem oxigénio

e lembrei-me de kafka

as minhas calças brancas ...

as minhas calças brancas ...

reformas e remédios (1) -...

sua excelência e os númer...

posts mais comentados
Razões de uma candidatura
https://www.createspace.com/5387676