Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

Os professores não deviam protestar continuamente

05.05.23

Captura de ecrã 2023-05-05, às 13.29.14.png

Os professores não deviam protestar continuamente, dizia-me alguém do universo partidário. Concordei. As reivindicações dos professores já deviam estar há muito resolvidas pelo Parlamento e pelos governos, com o empenhamento da Presidência da República. 

E partamos de dois factos inadmissíveis: um primeiro-ministro, no modo de justiceiro popular que sempre recusou, a acusar de roubo um acto de um assessor ministerial demitido por telefone e um presidente da República a arrasar pessoal e profissionalmente um ministro em funções. Conclusão: é natural que não se resolvam as questões essenciais da escola pública e dos seus professores.

Nota: publiquei este post depois da referida declaração do PM e actualizei-o depois da referida declaração do PR.