Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

Escola Para Todos

03.02.23

Captura de ecrã 2023-02-03, às 13.31.13.png

O que pode ler a seguir não é um exercício de demagogia. Foi maduramente reflectido: nenhum professor do quadro, e estando noutras funções no parlamento, governo, ME, autarquias, sindicatos, escolas e por aí fora, deveria estar mais do que 2 anos sem turmas; leccionar uma turma que fosse durante 2 anos (ciclos de 2 com e sem) e o estado da educação respiraria de modo muito mais saudável; e, obviamente, com adaptações no caso do primeiro ciclo: podia leccionar uma das áreas disciplinares ou, para não quebrar a gestão holística do currículo, uma actividade de enriquececimento curricular; nos 2º e 3ª ciclos e no ensino secundário, e como o horário teria menos de 16 horas lectivas, não tinha que fazer como os precários professores contratados e pagar à segurança social do mísero vencimento os dias que faltam para serem contabilizados 30 por mês a pensar no valor da reforma.