Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

Coletes Laranjas em Itália

31.05.20

Captura de ecrã 2020-05-31, às 11.31.20.png

Se a Europa já estava a ser desestabilizada pelos mentores não europeus, e europeus, do brexit, a crise da pandemia torna tudo mais difícil. A resposta à crise através do euro é fundamental para a garantia da paz. O dinheiro, através de uma moeda sólida, é um dos imaginários que mais consolida a crença dos humanos nos ideais de comunidade; cria confiança. Mas isso não impede que coletes laranjas se manifestem em Itália a favor do regresso da lira, num país que será justamente o maior beneficiário líquido das recentes propostas da comissão europeia.

Curva Plana Covid-19

29.05.20

Interrompi a publicação diária do quadro da DGS com os números da Covid-19. Não o fiz porque o problema se resolveu. Era óptimo que assim fosse. Mas não.

Volto ao assunto sempre que algo de diferente suceder na tal curva de infectados. Segundo Tiago Correia, que é professor associado na Unidade de Saúde Pública Internacional e Bioestatística e investigador sénior do Global Health and Tropical Medicine, o dado mais importante é o número de infectados; e não adianta muito comparar com outros países. O que é fundamental é estudar o número de infectados em cada país. E hoje, em Portugal, o número de infectados subiu 350 o que é um motivo para preocupação.

Assim Vai o Mundo Trump

28.05.20

Captura de ecrã 2020-05-28, às 11.52.54.png

As redes sociais têm vantagens e desvantagens para a democracia; se é óbvio para quase tudo, até para os mais progressistas instrumentos científicos, também será para o fenómeno das redes sociais. Mas começa a ser evidente que no caso das redes sociais as vantagens superam largamente as desvantagens nomeadamente na possibilidade de se garantir a manutenção da própria democracia através de um debate mais livre assente na liberdade de expressão. A desorientação do autocrata Trump é um bom sinal, mas falta o mais difícil: a derrota pelo voto.

"Trump vai assinar ordem executiva sobre redes sociais após polémica com Twitter. "O Twitter está a reprimir por completo a liberdade de expressão e eu, como Presidente, não o vou permitir", declarou Trump depois de a rede social ter acionado alertas de verificação de factos na sua conta."

Pág. 1/8