Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

Covid-19 e os Problemas Alimentares das Crianças

15.03.20

supermercados.jpeg

 

Os grandes supermercados podem organizar uma ajuda alimentar às famílias das crianças subsidiadas do universo escolar. Seria uma medida que não quebraria o fundamental isolamento social das crianças. Já se percebem as dramáticas situações de pequenos e médios comerciantes, mas, e pelo contrário, os grandes supermercados estão a facturar muito acima da média e nem sequer promovem aquelas históricas campanhas especiais de saldos. Por isso, as margens de lucro suportarão com toda a certeza uma medida destas. Podem até nem oferecer alimentos; seria suficiente, e até mais digno, um conjunto de bens alimentares a preços reduzidos. Aliás, importa sublinhar que nas últimas semanas se argumentou repetidamente que o não encerramento das escolas se devia ao facto de muitas crianças terem na escola a única possibilidade de uma refeição diária. Esta constatação chocante que inscreve a falência de toda a sociedade na eliminação do flagelo da fome, uma vez que há fins-de-semana, férias e interrupções lectivas, é também uma oportunidade para convocar um ideário de soluções alternativas.