Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

Professores Vencem no Parlamento

02.05.19

 

 

 

Nas legislativas, os eleitores não votam num primeiro-ministro: elegem deputados. Os deputados integram partidos políticos. Os partidos políticos formam uma maioria que permitirá ao PR nomear quem estiver em melhores condições para aprovar um programa de Governo e o respectivo orçamento de estado. Certo? O parlamento aprovou hoje a recuperação integral do tempo de serviço dos professores. Conclusão: é uma vitória democrática dos professores. Veremos como o PR e o Tribunal Constitucional reconhecem as decisões do Parlamento.

Nota: o que disse é independente de adivinhar o que aconteceria se o PSD e o CDS formassem Governo nesta aprovação sem calendário: ficaria tudo como está.

Parlamento Aprova Recuperação Integral

02.05.19

 

 

 

Desde 2006 que os cortes a eito nos professores são um oxigénio orçamental. Aliás, o corte de mais 30% dos professores do quadro é elucidativo. Como os professores são muitos, os cortes na sua massa salarial bruta ajuda muito o orçamento. O ministro Centeno confessou, há dias no parlamento, que as suas contas não incluem a receita para o OE, em IRS e excedentes da ADSE, incluída na massa salarial dos professores; é mais de 30% do total ilíquido. E depois temos as contas da CGA em que os professores voltam a ser muitos. Era preferível dizer que tudo se fará para que os professores se reformem antes de chegarem ao topo da sua carreira (é o 57º nos 115 índices remuneratórios na administração pública; o topo é superior em 120% ao dos professores e, para além disso, era bom consultar os valores nominais de todas as pensões pagas em Portugal). Num assunto que já tem inúmeros episódios, o parlamento aprovou, com o voto contra do PS e numa versão já vista noutras alturas semelhantes, a "recuperação integral do tempo de serviço dos professores" sem calendário.

Das Provas de Aferição

02.05.19

 

 

 

É no nível macro que se decide a calendarização das provas nacionais. É também nesse nível que se decide os anos de escolaridade e as disciplinas em que se aplicam provas de aferição ou finais. Haverá concordâncias e discordâncias nos níveis meso e micro. Contudo, exige-se o mais elementar profissionalismo em todas as circunstâncias e em associação com a implementação de procedimentos adaptados à sociedade da informação e do conhecimento.

Alteração de procedimentos

02.05.19

 

 

 

Mensagem publicada no facebook:

Li com muito gosto todas as mensagens do meu aniversário, mas é "inviável" responder a cada uma. Na impossibilidade de pararmos o Tempo - o Tempo, sempre o Tempo, e nas três dimensões -, e como a idade nos torna mais proustianos, façamos dos "pequenos" gestos uma qualquer eternidade. Muito obrigado pela atenção, que é extensiva a quem usou outros meios para o efeito.

Nota: o facebook é muito interessante (embora também aconteça o que há muito se disse sobre os instrumentos científicos, “são todos válidos, mas dependem das cabeças que os utilizam”). Liguei o blogue ao facebook há 10 anos (4 de maio de 2009), com a preocupação dos procedimentos diários para os aniversariantes. Como mantenho o registo diário apenas no blogue, decidi, até para me concentrar mais nos posts e ficar com mais tempo para ler (esse exercício “radical” na voracidade que nos habita), encerrar a interessantíssima rubrica dos aniversários (para receber ou emitir). Um grande bem-haja a todos.