Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Correntes

em busca do pensamento livre

Correntes

em busca do pensamento livre

O MEC é anti-simplex?

02.06.16

 

 

 

Em 2007, o MEC seguiu em sentido contrário ao primeiro simplex.

 

Desta vez, o que se percebe do "escola a 360 graus" faz temer o mesmo. Não porque em 360 graus se fique na mesma posição e o ME(C) precisasse de 180 graus. Não será um jogo de designações, é todo um arsenal de hiperburocracia que teima em aumentar com o digital. O fundamental é suprimir, ou, no mínimo, automatizar, procedimentos inúteis ou repetidos.

 

Em 2007, o inaugurado MISI (Missão para os Sistemas de Informação) também tentou a base de dados única. Como os engenheiros dos serviços centrais foram injustamente exonerados por causa do caos (criado por políticos tecnicamente impreparados mas cheios da soberba do país de tanga) nos concursos de 2004, o MISI tentou as empresas comerciais de software escolar. Não confiou, ou não conseguiu acordar, e fez bem. Nesta altura, e olhando para o que existe e considerando o que a maioria do ourtsourcing programa como informação útil ou desprezível (a segunda fica para o inferno das grelhas impensadas em excel e word), há motivos para sérias preocupações. Para além dos dados biográficos, no universo da gestão da informação está tudo por fazer. 

 

Screen-Shot-2012-07-15-at-10.42.34-AM.png