Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

da polémica Jorge Sampaio versus Durão Barroso

08.05.16

 

 

Jorge Sampaio reagiu de imediato, e com indignação, às declarações de Durão Barroso que responsabilizam o ex-presidente na invasão do Iraque. É um assunto com importância histórica. Quem se interessa por estes assuntos, deve ler, e se me permitem, o muito bom romance de Clara Ferreira Alves, "Pai Nosso", que é demolidor para Durão Barroso.

Gincana do Onofre 2016

08.05.16

 

 

 

Há umas duas décadas que se realiza, na EBI de Santo Onofre, "A gincana do Onofre". Os alunos formam equipas e convidam um professor. Este ano, foi, mais uma vez, muito interessante. "Amigas Onofre" foi a minha equipa. As alunas trataram de toda a logística e tiveram uma participação inesquecível.

 

13151488_1538172559822479_478415088129632799_n.jpg

 

A meio da gincana, as alunas registaram de imediato o seu estado de alma neste mural.

IMG_0350.jpg

 

O momento da partida com camisolas a condizer: Rita, Maria Inês, Inês, Paulo, Mónica e Joana.

IMG_0355.jpg

 A meio do percurso, na parte alta da "Praça da Fruta" (Caldas da Rainha).

do momento escolar e do medo

08.05.16

 

 

 

O medo, e o medo de ter medo, é o que mais me impressiona da última década escolar. Não imaginei possível tal atmosfera numa democracia com quatro décadas. Até emergiu o caciquismo mais molusco e impreparado. No público, os horários zero exponenciaram o sentimento e no "privado" o relatado é igualmente inimaginável. "O Paulo não tem medo de nada" ou "não pode ser sempre ele a dar a cara" são frases que ouço com frequência e penso na condição. Não direi medo da morte como o único, porque sobre isso é mais pena de deixar a vida. O resto é relativo. Sou paciente, escuto o Tempo nas suas três dimensões e levanto voo com facilidade (principalmente para evitar enjoos e por paradoxal que pareça). Assumo a dificuldade por não ser enquadrável; e com provas dadas. Mas voltando ao título, sinto que o que se está a passar no ambiente escolar pode espantar o medo e ajudar a que se retomem os caminhos da democracia.

 

reflexion_172685.jpg