Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Correntes

em busca do pensamento livre

Correntes

em busca do pensamento livre

ai se os gregos miassem...

01.09.15

 

 

 

Há quem diga que os refugiados sírios ou líbios teriam a vida mais facilitada se miassem ou ladrassem. Não há muito pensei o mesmo sobre os gregos. João Miguel Tavares tem um texto muito interessante, hoje no Público, com uma passagem lapidar: "(...)É pena os refugiados sírios ou líbios não ladrarem ou miarem em vez de falarem línguas incompreensíveis, porque aí teriam um partido português a defendê-los e uma longa lista de abaixo-assinados prontos a reclamar pelos seus direitos. Se eu fosse refugiado e quisesse chamar a atenção, acho que ladrava em vez de falar, até porque o que não falta nas Avenidas Novas, onde toda esta cena se passou, são clínicas veterinárias impecáveis, algumas das quais abertas 24 horas por dia.(...)"

 

mysterious_1444545.jpg

 

os verbos da descida

01.09.15

 

 

 

Há inúmeros motivos para a descida organizacional do sistema escolar que não correspondem directamente à análise dos resultados dos alunos: são de gestão pura e dura. Estou a pensar, por exemplo, nos três verbos que orientaram a atmosfera organizacional e que a empurraram para a eficiência não produtiva e para o inferno da hiperburocratização: articular, agrupar e cooperar. Estes modismos na linguagem do sistema escolar determinaram o "estar muito tempo juntos" mesmo que sem qualquer visão ou estratégia, falidos de instrumentos modernos de gestão e enquadrados por reuniões sem agenda ou liderança e com uma suposta informação que se repetiu de sessão em sessão. Quando nada mais restou para justificar o deserto da gestão, as três pessoas do plural entraram em acção; embora a terceira, e no futuro do indicativo, fosse a mais requisitada. São três verbos que remeteram a burocracia escolar para o lugar que ninguém deveria desejar: o dos procedimentos inúteis. Quando se ouviram as conclusões dos arautos do tríptico verbal, encontrou-se pouco mais do que a socialização dos professores.

 

6813486_joGHT.jpeg