Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Correntes

em busca do pensamento livre

Correntes

em busca do pensamento livre

do ataque à escola pública e da ausência de fundações

01.09.14

 

 

 

Há quase dez anos que os telejornais incluem o "caos" na escola pública. O desprezo pela Educação nos últimos governos do arco governativo empurrou a organização do MEC para o mesmo lugar onde colocou o país.

 

As filas de professores nos centros de emprego a 1 de Setembro, hoje, portanto, eram escusadas. Milhares serão colocados e o atraso deve-se à crescente incompetência do MEC.

 

O programa de rescisões com professores teve uma adesão que duplicou o esperado tal a ideia de "fuga" instalada nos professores. Como o legislador não enunciou critérios de seriação, a confusão está instalada e a mediatização fará o papel habitual

 

A prova de avaliação de professores contratados é um processo coberto de ridículo que envergonha qualquer organização.

 

E podíamos estar a noite toda a elencar incompetências.

 

Tudo isto não é próprio de uma sociedade moderna e os episódios Kafkianos que estão a ocorrer têm origem numa traquitana que vive num caos administrativo e organizacional. É evidente que o fanatismo ideológico deste Governo tem uma elevada cota de responsabilidade e também não é desprezível a queda da Aliança Democrática para o caos nos concursos e para a incomodidade com os fenómenos numéricos. Até pode ser redundante o que vou escrever, mas só me sai uma expressão: mas estas pessoas nunca mais são elevadas para uma qualquer fundação?