Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Correntes

em busca do pensamento livre

Correntes

em busca do pensamento livre

também podiam "comprar" as ppp´s

02.11.13

 

 

 

 

 

A primeira página do Expresso sublinha vícios antigos.

 

 

 

 

 

 

O CDS continua na senda dos sound bites (Portas é especialista em off e em on) e na jogada habitual de um pé com o PSD e outro com o PS. É uma forma da direita radical, e dos interesses, portuguesa travestir-se de centrista. Desta vez o CDS foi ainda mais descarado se tivermos em conta a grave situação do país e o facto de ter começado o jogo ao fim de poucos meses de Governo. 

 

O chefe da troika reformou-se aos 61, foi contratado de seguida e defende o aumento da idade da reforma. É mais um exemplo de valha-nos sei lá o quê. Temos o fisco português a sortear carros (o casino financeiro vai tomando conta dos espaços todos e parece a obra de deus no MEC), o crack volta a ser a droga da moda (é barata, vicia depressa e acelera o tempo até à morte) e Moçambique regressa às primeiras páginas como um lugar algo inseguro.

 

Saliento a notícia que lerá melhor na imagem seguinte. É também o regresso da malta da bolha imobiliária. Haverá, naturalmente, outros investidores. Será quase certo que virá capital de "lavandaria" e mesmo passadinho a ferro. Não seria má ideia se comprassem as concessões das auto-estradas. Bem sei que depois não ganhariam com os juros da dívida, mas tanta guloseima pode acabar mal. Sei lá. Mas voltando às auto-estradas, compravam aquelas em que o Estado se afundou com a passagem de 20 veículos por hora, mas como só passam 2 os contribuintes pagam os 18 em falta. Se esta malta comprar a coisa a 10 por hora, e se se baixarem portagens e combustível, a economia crescerá e até obterão lucros porque os 10 do contrato serão ultrapassados.