Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Correntes

em busca do pensamento livre

Correntes

em busca do pensamento livre

mas que desplante!

08.10.13

 

 

 

 

 

Ainda há dois anos, e já como chefe de Governo, Passos Coelho declarou (julga-se que voluntariamente) o que se sabe e se repete: o memorando da troika seria um excelente programa de Governo e o seu executivo estaria para além disso. Foi o que se viu. Até Gaspar, que usou, como bíblia, uma folha excel com erros graves, fugiu num exercício de desplante sem paralelo.

 

Intuímos que Passos+o-irrevogável já se demitiram vezes sem conta e que só um qualquer puxão de orelhas os obriga a levarem a função de gerentes até ao fim. Portas já nos habituou ao risível e Passos Coelho quer sair mesmo muito abaixo de zero. Nem se percebe se é imitação ou contágio.

 

O primeiro-ministro ainda em funções faz hoje apelos patéticos. Só alguém sei lá o quê é que ainda acreditará numa linha de Passos ou de Portas. Mas será que Passos sente que tem credibilidade para coisas como:

 

 

O mesmo assunto é tratado pelo Expresso de forma não menos risível.

 

Na primeira página da edição online, o folheto faz o seguinte destaque:

 

 

 

Mas mais.

 

No desenvolvimento da notícia, o eurogrupo (presidido por um holandês, país que sedia o offshore da Alemanha numa vergonhosa fuga aos impostos dentro da zona euro) deixa escapar o que há muito sabemos: Portugal já tem uma ampla almofada financeira com os cortes a eito nos do costume, só que o buraco da banca, e das grandes fugas aos impostos, não tem fim.