Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Correntes

em busca do pensamento livre

Correntes

em busca do pensamento livre

o expresso e o mais do mesmo

22.06.13

 

 

 

 

 

Expresso é um exemplo do jornal mainstream; faz ondas quanto baste e sobrevive em qualquer regime desde que não encerrem os palácios. Há muitos anos mesmo que perdi o hábito de comprar a edição impressa, optei por outros jornais, e só regresso de alguma forma através do online e, muito de vez em quando, pela edição em papel.

 

Leio com frequência que a qualidade do jornal vem sempre a descer. Não sei. Os jornais têm fases e nem sempre gostamos do que lemos nos momentos mais quentes. Se olharmos para a edição deste fim-de-semana com preocupações com o sistema escolar, confirmamos duas lógicas nada abonatórias da qualidade de um jornal: o cartoonista-chefe-digamos-assim e um dos cronistas principais passam a ideia de instrumentalização dos professores o que demonstra uma imperdoável preguiça na busca de informação. O cronista parece continuar a escolher os professores como alvo das suas iras e de modo a sei lá o quê. Até seleccionou uma imagem de um vermelho sangue com um machado pronto a actuar ao mesmo tempo que zurze no jornal que mais riscos tem corrido na defesa da democracia e sem fazer muitas cedências.