Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Correntes

em busca do pensamento livre

Correntes

em busca do pensamento livre

ceo?! a sério?

24.01.13

 

 

 

 

 

 

Os últimos dois ministros da Educação, excluindo Isabel Alçada, exibiram números para indicadores macro como se fossem uma espécie de CEO do MEC e brilharam de tal forma no mainstream que MLR até foi premiada com a FLAD e para espanto de quem conhece o sistema escolar.


Até um razoável CEO está atento ao decisivo estado emocional dos colaboradores (desculpem o palavrão, mas é para repetir o léxico de quem designa as pessoas como recursos).

 

Quem conhece o terreno do sistema escolar, sabe do estado de desesperança que se apoderou dos seus profissionais com a torrente de informação contraditória também originada pelo desmiolado relatório FMI. Alguns indefectíveis do actual CEO do MEC desdobram-se nas acusações de alarmismo dos sindicatos.

 

Não seria, portanto, razoável que um CEO que se prezasse viesse reforçar o que disse há uns poucos meses quando negou a possibilidade de mobilidade dos professores?

 

 

 

 

 

 

lá fomos aos mercados, mas mesmo assim

24.01.13

 

 

 

A maioria que governa rejubilou com o êxito mediático do regresso aos mercados, mas por aqui os ventos que se sentiram no fim-de-semana continuam a evidenciar a nossa inepta capacidade organizacional. Mantenho as dificuldades no acesso à rede (internet, televisão e telefone fixo) e o blogue ressente-se.

 

Espero que a coisa normalize tão depressa como o tempo "opinião pública" e que a tal maioria seja devidamente penalizada pelo prolongamento do desastre no sistema escolar.