Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Correntes

em busca do pensamento livre

Correntes

em busca do pensamento livre

por obrigação

20.10.12

 

 

A comissão europeia (Durão Barroso distraiu-se ou pensou que eram sementes comestíveis) obrigou o MEC a vincular professores contratados. Esta obrigação de um Estado de direito democrático vem tarde e não deve ser confundida com a opinião de que há professores a mais no sistema escolar.

 

Numa altura em os factos demonstram que Portugal despediu 10000 professores nos últimos dois meses (se estavam a mais, os responsáveis pela inflação são os mesmo que se acolhem nos grandes escritórios de advogados e que acharam coisas diferentes durante anos a fio e num despesismo que foi da gulosice do ensino superior à irresponsabilidade na gestão do bem comum), a justa obrigatoriedade de vinculação ameaça acentuar o rol de injustiças que se tem verificado na colocação de professores na última década.

 

Proposta para vinculação de contratados não agrada aos professores

há muitos anos que é assim

20.10.12

 

 

 

 

 

 

Quando mudam os Governos em Portugal mexe-se nas orgânicas dos ministérios para acelerar a colocação dos boys e apear os da cor vencida. Mesmo com o país no estado em que está e com as já risíveis ameaças de implosão por parte de Nuno Crato, o MEC obedece à veia despesista que se espalha impunemente pela traquitana.

 

O despacho nº 13608 de 2012 é elucidativo.