Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Correntes

em busca do pensamento livre

Correntes

em busca do pensamento livre

domingos e feriados

14.10.12

 

 

 

 

 

 

 

 

Os nossos Domingos e feriados ficam marcados pelo país-de-pernas-para-o-ar

 

Esta investigação do Público atormenta o poder vigente com as relações formativas entre a Tecnoforma, de Passos Coelho, e Miguel Relvas; uma espécie de gémeos. Dá ideia que enquanto o segundo leva com-tudo-em-cima, o primeiro também beneficiava e tenta assobiar para o lado.

 

Quando mais precisávamos de um Governo, continuamos a aturar uma coisa do avesso.

fugiram: o josé francisco e o francisco josé

14.10.12

 

 

 

 

 

 

 

 O José Francisco Mota, o do meio na imagem



 

O Francisco José Valentim, o do meio na imagem

 

Têm sido tantos os professores que fogem com penalização, que o que outrora foi júbilo passou a saída silenciosa e de passo apressadíssimo.


Na escola onde sou professor, tentamos impedir que as fugas se diluam na voracidade dos tempos. Soubemos da evasão do José Francisco Mota e pouco depois do Francisco José Valentim. O papel de ambos determina o dia 1 de Outubro como o jubilado e jantámos para os homenagear a 11 de Outubro para que a supressão do tempo não apagasse a justiça. Ambos fugiram com penalização.

 

A emoção comandou mesmo o repasto. Neste momentos, lembro-me sempre do quotidiano e como isso está muito para além das palavras de circunstância. Guardo gratas recordações destes dois amigos e professores de corpo inteiro. Já sentimos a sua falta. O José Francisco transportava o insubstituível desassossego com a literatura e a política e o Francisco José com as novas tecnologias e a didáctica. Tinham ainda muito para dar e conhecemos exemplos semelhantes. Mas os tempos são o que se sabe e só podemos recear pelo estado do sistema escolar quando se acentua a desesperança e o abandono escolar dos professores.

 

Bem hajam os dois.