Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Correntes

em busca do pensamento livre

Correntes

em busca do pensamento livre

pérola

16.09.12

 

 

 

 

 

 

 

 

Encontrei no facebook de André Gago uma pérola sobre o 15 de Setembro. Pode também ser lido pelos que estudam a diferença entre liderança e chefia. Trouxe a imagem e o texto:

 

"A rua foi clara e inequívoca. Embora permaneçam no poder, os que nos governam já o usurparam. Podem agora mudar o discurso, podem agora convocar conselhos, podem agora fazer solenes e graves comunicações, podem agora escusar-se de culpas no cartório — nós estamos já adiante, e bem distantes deles. Continuar a ter de os ouvir será doravante tão penoso como ter de olhar constantemente para trás quando se quer seguir em frente: eles são o peso morto que arrastamos na caminhada, e que nos impede de marchar mais depressa. Mas vamos perde-los de vista. A manifestação continua em cada passo que damos a cada dia."

a lição do 15 de Setembro

16.09.12

 

 

 

A sociedade civil portuguesa deu uma lição aos cépticos, aos tácticos e aos tortuosos e assustou os arcos de poder "deste mundo". Se, em regra, a direita mainstream acha que a rua não é para pessoas de bem, a esquerda mainstream entretém-se com o jogo os-meus-picos-de-pés-são-os-mais-resistentes-e-faço-o-for-preciso-para-isso.


A cidadania, que se expressa nas redes sociais e por vezes na rua, deixa patente que algo está a mudar em Portugal. Repito:"(...)Há quem defenda que a célebre marcha dos indignados fez cair o Governo de José Sócrates. Não sei se desta vez acontecerá algo de parecido, mas fiquei com a sensação que alguma coisa tem que acontecer.(...)"


A RTP1, enquanto não é oferecida a privados por ordem do primeiro-ministro António Borgespublica um vídeo muito interessante com uma edição especial realizada na noite de 15 de Setembro; aqui.