Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Correntes

em busca do pensamento livre

Correntes

em busca do pensamento livre

agarrem-no, mas agarrem-no mesmo

16.06.12

 

 

 

Parece que o anterior ministro das finanças cumpria a máxima do acesso aos salões da "aristocracia" republicana: sê forte com os fracos e fraco com os fortes. Tenho ideia que, de tanto tocar com a testa no solo sem dobrar pelos joelhos, deve ter arranjado alguma hérnia discal.

 

Classificava como amendoins tudo o que se relacionava com benesses ilimitadas da oligarquia e tinha o contraponto nas despesas que "lhe interessavam" (representava o colectivo): cortes nos salários, e despedimentos, dos funcionários públicos e aumentos de impostos.

 

Agora aparece com ameaças adequadas à época euro 2012: a culpa é do sistema e o primeiro da coisanostra tem que ser definitivamente desmascarado. Dá vontade de lhe dizer: ó homem, desembuche que raio!

 

Teixeira dos Santos: "Importa saber quem beneficiou com o BPN"

ai sim?!

16.06.12

 

 

Numa altura em que na Europa tanto se fala da emergência da união bancária, acrescenta-se que o Banco Central Europeu fará a respectiva supervisão. Se fizermos mais um raciocínio por indução, só podemos temer pela coisa. E se Vitor Constâncio é vice-presidente do BCE depois da fracassada supervisão do BPN, é caso para nos interrogarmos: será do curriculum?

 

Se pensarmos que a electricidade, a água, as redes de transportes e por aí fora, vão sair da alçada dos governos nacionais, então duplicaremos o temor e daremos ouvidos aos que nos dizem que as PPP´s, os TGV´s, os aeroportos, as companhias aéreas e os submarinos têm o conhecimento comprometido do resto da Europa, mesmo que o capital seja oriundo das arábias ocidentalizadas.

 

BCE pode assumir supervisão de bancos