Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

enjoativo

21.12.11

 

 

A presidente do Conselho Nacional de Educação, Ana Maria Bettencourt, não encontra registo diferente, do que tornou o caderno de encargos da escola insuportável, para explicar o excesso de reprovações nos ensinos básico e secundário. As soluções que apresenta são retiradas de uma cassete eduquesa e ignoram que existe sociedade. São duas décadas duma tragédia exponenciada nos consulados de Lurdes Rodrigues e que o actual governo parece não ter aprendido; apesar dum registo diferente. A ideia de mais do mesmo em forma de apoios chega a tornar-se ridícula. Repare-se no detalhe de que tudo está mal na escola. As escolas fazem, têm feito e continuarão a fazer, muito na área social. Não é essa a sua competência, mas a pobreza não deixa ninguém indiferente. Depois lêem achamentos destes por parte da presidente do Conselho Nacional de Educação.

 

Alunos portugueses chumbam muito e é preciso investir no apoio

 


"Não vale a pena investir [na educação] se as pessoas não aprendem", reforçou a presidente do CNE, que nas suas recomendações apela a uma "mudança profunda na atitude das escolas e dos professores face ao insucesso". Para o CNE, a solução passa pelo "reforço da formação em exercício dos professores e maior autonomia das escolas" para poderem "organizar as melhores soluções".