Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Correntes

em busca do pensamento livre

Correntes

em busca do pensamento livre

enigma

27.10.11

 

 

Divirto-me com o futebol do meu Sporting, mas ando cheio de saudades da NBA. A inigualável liga norte-americana de basquetebol cancelou os jogos por questões financeiras, só lá para o natal a coisa se recomporá e mesmo isso não é seguro. A crise é mundial e nem um espectáculo de milhões escrutinados escapa à voragem dos tempos.

 

O meu enigma centra-se na europa de que fazemos parte. No meio de tanta banca depauperada donde virão os milhões que se movimentam incessantemente no mundo do futebol?

tudo está mal na escola

27.10.11

 

 

Após uma década da pouco inocente mediatização do injusto conceito "de que tudo está mal na escola", a saga continua com uma medida comprovadamente irrelevante. O nosso sistema escolar precisa, em primeiro lugar, de uma sociedade melhor, que elimine a guetização de várias comunidades, que pense nos horários de trabalho das pessoas que querem ter filhos sem os armazenar, que discuta a qualidade de vida dos miúdos quando não estão na escola e que encontre soluções para os graves problemas de mobilidade nas grandes zonas urbanas.

 

Há muito que os encarregados de educação mais influentes escolhem as escolas. Na maior parte do país é assim. Os menos influentes não têm condições para o fazer; muitas vezes nem sequer vontade. E não é agora que vão ter melhor informação para tomarem essa decisão. Por outro lado, as experiências conhecidas indicam a auto-selecção das populações no sentido de que a guetização social se prolongue para dentro das escolas com os efeitos negativos associados; com estas medidas pode aumentar a fatal homogeneidade das turmas.

 

Fazer desta decisão uma prioridade é um sinal de desistência no caminho que defendo aqui.

Pais vão escolher a escola básica dos filhos em 2012

casos de polícia nos eua

27.10.11

 

 

E lá está a Goldman Sachs. E na Europa como é que é?

 

Ex-administrador da Goldman Sachs acusado de abuso de informação privilegiada 

Os 11 anos de prisão a que o investidor Raj Rajaratnam foi condenado nos Estados Unidos, há duas semanas, anunciavam o que aconteceu nesta quarta-feira: Rajat Gupta, figura de topo em Wall Street e antigo administrador da Goldman Sachs, foi detido. Ele próprio se entregou ao FBI, após ter sido acusado de defraudar os mercados.