Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

Correntes

da pedagogia e em busca do pensamento livre

pensando no sistema escolar

08.09.11

 

 

 

Castells (2001a, p.15), define-a assim: "(...)Uma rede é um conjunto de nós interligados. As redes são formas muito antigas de actividade humana, mas actualmente essas redes ganharam uma nova vida, ao converterem-se em redes de informação, impulsionadas pela Internet. As redes têm enormes vantagens como ferramentas organizativas graças à sua flexibilidade e adaptabilidade, características fundamentais para sobreviver e prosperar num contexto de mudança permanente. Por isso desenvolvem-se redes em todos sectores económicos e sociais, funcionando, frequentemente, melhor do que as grandes empresas organizadas verticalmente e do que as burocracias centralizadas e competindo com elas. Contudo, e apesar da sua maior flexibilidade, as redes têm vindo, tradicionalmente, a confrontar-se com um problema fundamental. Têm sérias dificuldades em coordenar as suas funções, concentrar os seus recursos em objectivos concretos e levar a cabo determinadas tarefas, a partir de um certo grau e complexidade da rede.(...)

 

Castells, M. (2001a), A Galáxia Internet, Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian.