Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Correntes

em busca do pensamento livre

Correntes

em busca do pensamento livre

fazer para desfazer logo a seguir

04.09.11

 

 

 

A história comparada dos sistemas escolares europeus mostra-nos que a instabilidade organizacional é uma das explicações para apresentarmos números graves no abandono escolar e no desperdício financeiro. A parte maior da explicação está na sociedade e na educação das famílias.

 

Temos doze anos, ou catorze se se considerar o denominado pré-escolar, de escolaridade não superior. Fiquemos pelos catorze. Ajeitámo-nos numa táctica de 2+4+2+3+3. Investiram-se quantias avultadas em centros escolares para elevarem a qualidade dos primeiros 2+4 e derreteram-se recursos financeiros em auxílio dos últimos 3 com ligeiro benefício para os 3 anteriores. 

 

Nada nos comove. Quem chegou já está no frenesim da alteração e com a febre de deixar marca. A discussão começou: 2+6+6 ou 2+4+4+4. Qualquer das tácticas implica transferências de turmas e de ciclos de escolaridade para outras escolas, fazendo-se alguma tábua rasa dos investimentos; dos mais e dos menos recentes. Até quando? Até que outros iluminados se impacientem.