Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Correntes

em busca do pensamento livre

Correntes

em busca do pensamento livre

biblioteca

08.07.11

 

 

 

 

"As cabras e o modo como se aproximam de uma fila de erva podem preencher todo o cérebro de uma pessoa inteligente, mesmo que tal facto se passe às sete da tarde. A Natureza não abana com os nossos sustos, a não ser a parte da natureza que o nosso corpo representa.
Uma cabra a pastar, uma vaca a pastar, um boi a pastar, uma ovelha a pastar. E ainda as ervas, e o leve vento que passa por elas. Muitas coisas acontecem na natureza. Com tanta erva e animal a pastar, para quê procurar diversão nas cidades?"


Gonçalo M. Tavares em "Biblioteca"
(1ª edição em 24 de Dezembro de 2008)

inconfessáveis

08.07.11

 

 

Há dois atributos essenciais para os que acreditam que uma ideologia é sempre um conjunto de interesses inconfessáveis: o cinismo da política e as teorias da conspiração. Se se viciarem nesses raciocínios, podem confundir o nível da discussão e baralhar conceitos. É até humano que assim seja.

 

Enquanto os professores forem pessoas haverá sempre uma carga genética a influenciar o seu estilo de ensino e uma componente ambiental que possibilitará a melhoria do seu desempenho. Se o professor quiser que os alunos o ouçam usará um estilo de comando ou directivo, se escolher organizar os alunos por grupos pode ir da avaliação recíproca aos pequenos ou grandes grupos, se pretender que os alunos encontrem uma solução pode ir pela resolução de problemas ou pela atribuição de tarefas, se desejar que os alunos cheguem ao resultado que desenhou pode optar pela descoberta guiada e por aí fora. 

 

Baralham-se os níveis se se reduzem a docimologia e as técnicas de ensino, que são, a par do conhecimento científico, os verdadeiros patrimónios dos professores, à importante discussão ideológica; a sistemática e a inteligência exigem níveis diferentes. Confundir estilos de ensino com correntes políticas e ideológicas é tão pouco avisado que chega a ser risível. E nada disto significa que na Educação não haja luta ideológica. Pelo contrário. Muitas vezes, e como se tem comprovado, as ideias não coincidem com as acções e muito menos com os resultados.