Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Correntes

em busca do pensamento livre

Correntes

em busca do pensamento livre

do atraso

25.06.11

 

 

A capital do Império era, em 1976, um exemplo de atraso e o resto do país era "paisagem", como confirmei nos anos seguintes. Portugal era ainda mais atrasado fora de Lisboa e o analfabetismo marcava um povo amordaçado. Não pode ter existido pior gestor do que quem perpetrou uma coisa assim; e ainda por cima, tempo foi coisa que não lhe faltou.

 

Um dos arautos da actualidade é Medina Carreira. Há tempos vi-o espantado porque o reconheciam em Penafiel. Ou seja, em Penafial há televisão por cabo; pasme-se. Não admira, portanto, que este senhor tenha tiradas que expliquem como chegámos à bancarrota. Nem os arautos acertam uma, que raio.

 

Medina Carreira "Salazar foi um bom gestor. Era bom termos hoje um bom gestor"

coisas

25.06.11

 

 

Fico sempre surpreendido quando alguém torna público um convite que recusou e fragiliza de algum modo quem se seguiu. Aconteceu-me mais do que uma vez o contrário; foi a organização que o fez, disse-me um amigo que me explicava os meandros dos convites. As organizações também o fazem para passarem a mensagem de que determinada pessoa está, ou esteve, comprometida com aquela área política ou com quem a governa em determinado momento, explicou-me depois e ainda acrescentou um rol de motivos que levam a que estas coisas aconteçam.

 

Ao ler esta primeira página, é capaz de encontrar vários assuntos da mesma família.